quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Quem Trouxe o Futebol Para o Brasil

O futebol no Brasil foi inserido inicialmente no final do século XIX, praticado primeiramente no interior de alguns colégios e por jovens brasileiros que tiveram os primeiros contatos com o futebol na Inglaterra, quando lá estiveram a fim de concluírem os estudos. Certas manifestações do futebol aconteciam por influência de padres. Em 1880, o esporte era praticado no colégio São Luís, em Itú, interior de São Paulo. Seis anos mais tarde chegou ao colégio Anchieta, em Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro, e em mais seis anos aportava na capital, no A difusão do futebol diminuiu preconceitos (que atravessava a sociedade), auxiliou na propagação de sua atividade, na interação de trabalhadores, comunidades, etc. Além do mais contribuiu para a criação de identidades. E, além disso, tornou-se um símbolo, de emancipação e de sociabilização. E desta forma o futebol adquiria novas conotações, abrindo as barreiras do elitismo e se expandindo para novas áreas. O negro e o pobre romperam paradigmas com as peladas improvisadas nos campos de várzea, fazendo desses precários espaços excelentes ambientes de identificação de determinados segmentos. Além do mais o futebol revelou também que poderia ser um instrumento de diversão e sociabilização por parte dos trabalhadores, que eram freqüentemente atingidos pela exploração, a miserabilidade, a rotina desgastante, etc. E fora também com o futebol atingindo os ambientes de trabalho que presenciamos já nos primeiros anos do século XX o surgimento de clubes esportivos oriundos das fábricas. Como em 1904, com a fundação do The Bangu Atlétic Club, onde no início jogavam apenas os ingleses e trabalhadores de outras nacionalidades. Mas esta lógica fora sendo permutada, conforme esclarece Lopes: “(...) o isolamento geográfico de Bangu fazia com que os ingleses tivessem que incorporar não somente outros chefes e empregados de outras nacionalidades e brasileiros, mas também operários (...).” Nesta atmosfera operária motivada pelo futebol, novas equipes surgiam do interior das fábricas e desta forma iam sendo incorporadas ao contexto futebolístico nacional e conseqüentemente abrindo paulatinamente as barreiras impostas pelo conservadorismo e pelos empecilhos que marcaram o início do futebol no Brasil. Pois se da inserção do futebol no Brasil até os primeiros anos do século XX esta prática se caracterizou por ocupar espaços restritos e atingindo um número limitado de pessoas

Um comentário:

Luis Miguel Moraes disse...

me ajudou muito obrigado !!